Carregando...

Pronto para as novidades?

Clique no botão e explore nosso site
Confira as matérias

6 ocasiões em que é possível acabar picando | Nutrição

Se você parar para pensar, beliscar entre as refeições é como espiar alguém no Facebook, tudo o que fazemos e nos satisfaz muito. No entanto, momentos depois nos arrependemos, nos sentimos culpados e temos que engolir as conseqüências. De acordo com um estudo da revista Appetite Journal existem 6 tipos de ocasiões em que sucumbimos ao lanche. Women’s Health te explica:

1. Perigo: Ocasiões especiais
A chave está em saber definir as situações especiais. Descubra o que é uma ocasião especial para ti e o que não é. Então permita-se cortar apenas em momentos especiais. Por exemplo, se no escritório se come bolo de cada vez que é o aniversário de alguém, então não é uma ocasião especial, já que muitas vezes acontece. Precisa de ajuda para saber quais são os momentos especiais? Se a ocasião se repete mais de uma vez por mês, então não é tão especial quanto você pensa.

2. Perigo: Quando há comida ao redor

Há sempre comida à vista, na sua cozinha? Se esse é o caso, você precisa aprender a não ter tentações. Como fazer isso? Asígnate um horário para a hora do lanche. As melhores horas para fixar o seu lanche são as 11h e as 16h, já que assim você pode controlar seu apetite e você chegará aquele que acredita ser carente das refeições principais.

3. Perigo: Momentos duros

Estamos seguros de que em algum momento de sua vida você usou a comida para calar seus sentimentos. Calma, todos já passamos por isso. No entanto, você não deve deixar que isso lhe aconteça frequentemente, já que depois de comer você vai se sentir pior por ter sucumbido à tentação. Lembre-se que comer não resolverá seus problemas. Se você se sente mal, você pode falar de seus problemas com uma amiga, fazer esporte ou viciarte ao Instagram. Procura um remédio saudável para evitar hincharte a comida.

4. Perigo: Quando você está procurando por uma recompensa

Você se lembra quando você era pequena e seus pais lhe davam biscoitos se terminabas os deveres a tempo? Você foi treinado para que considere a comida como uma forma de compensação, em vez de um meio de subsistência. Se quiser lhe recompensar a si, melhor, comprar-se um novo batom, píntate as unhas, mime-se com uma massagem ou começa yoga. Desta forma, você estará recompensándote com tratamentos benéficos para o seu corpo e não com alimentos que o seu corpo realmente não precisa.

5. Perigo: Noite de meninas

Não faz falta que te dizer o quanto é difícil dizer não a um pedaço de torta compartilhada com seus melhores amigos. Damos-lhe um truque para conseguir fugir dele. Avisa com antecedência para suas amigas e, diga-lhe que você está tentando comer saudável e pede-lhes que te ajudem a controlar suas ações. De esta forma você conseguirá passar de torta com sucesso!

6. Perigo: Quando você se sente sem energia.
É normal ‘petisco‘ quando você vê que vai ficar sem pilhas. No entanto, antes de tomar este medicamento, deve pensar bem se você está realmente com fome. É fácil que confunda a sensação de sede com a de fome. Então, para garantir, bebe água primeiro. Se, depois de beber água, você continua com fome, então você pode tomar um lanche. Mas existem lanches e petiscos. O melhor petisco é aquele que mistura proteínas e fibras, como frutas ou barras de fibras, já que trazem muita energia de golpe e recarregam as baterias ao instante.

6 ocasiões em que é possível acabar picando | Nutrição
Vote na matéria