Carregando...

Pronto para as novidades?

Clique no botão e explore nosso site
Confira as matérias

6 maneiras de treinar duro todo o corpo na bicicleta estática | Fitness

Isso não é spinning

Isso não é spinning

É o spinning sem armadilhas, como denominam muitos, um treino de ciclo que vai além do controle da freqüência cardíaca, a resistência da bicicleta ou a velocidade de pedalada. Esqueça a música disco e do professor pedindo mais cana… no SoulCycle treina de outra forma e muito mais forte.

Segundo nos conta a instrução, o instrutor de SoulCycle, Lily Miesmer, não se trata de ir com as pernas mais rápido, ou fazer com que seu coração bombeie a bunda… o segredo desta nova disciplina é a postura na bicicleta.

É muito fácil que se esqueça de sua postura corporal quando você tentar seguir o ritmo da sua aula de spinning, mas trata-se de um grande erro: “sem a postura correta, é apenas uma série de movimentos sem sentido. Tome o seu tempo para levantar os ombros, colocar os quadris para trás, respirar fundo e analisar todo o seu corpo”, explica.

Vai além das posições básicas de spinning. Vamos ensinar os movimentos básicos do SoulCycle para que você aprenda a tirar o máximo partido dos seus treinos na bicicleta estática. Isso sim, recorda que tens de pedalar o tempo todo e com a resistência ao topo. Começamos.

Isso não é spinning

É o spinning sem armadilhas, como denominam muitos, um treino de ciclo que vai além do controle da freqüência cardíaca, a resistência da bicicleta ou a velocidade de pedalada. Esqueça a música disco e do professor pedindo mais cana… no SoulCycle treina de outra forma e muito mais forte.

Segundo nos conta a instrução, o instrutor de SoulCycle, Lily Miesmer, não se trata de ir com as pernas mais rápido, ou fazer com que seu coração bombeie a bunda… o segredo desta nova disciplina é a postura na bicicleta.

É muito fácil que se esqueça de sua postura corporal quando você tentar seguir o ritmo da sua aula de spinning, mas trata-se de um grande erro: “sem a postura correta, é apenas uma série de movimentos sem sentido. Tome o seu tempo para levantar os ombros, colocar os quadris para trás, respirar fundo e analisar todo o seu corpo”, explica.

Vai além das posições básicas de spinning. Vamos ensinar os movimentos básicos do SoulCycle para que você aprenda a tirar o máximo partido dos seus treinos na bicicleta estática. Isso sim, recorda que tens de pedalar o tempo todo e com a resistência ao topo. Começamos.

Movimento 1:

Empurra contra a resistência
Por que funciona: esse movimento é ideal para a estabilidade do core. Também desafia os glúteos, cuádiceps e isquiotibales. “Quando empurra o pedal, você tenta ser forte, estável e mantenha seus quadris para trás”, nos indicam.
Como: começa de pé, com as mãos no final do guiador (a) e afasta os quadris para o assento, enquanto que tentar abrir seu peito.

Curso 2:

Sal do selim
Por que funciona: com este movimento, empujarás com as pernas ao máximo. Certifique-se de que não repousas, todo o teu corpo sobre o guidão.
Como: põe-te de pé sobre os pedais com o quadril até a altura do selim (a) e coloque as mãos no guiador (b). Em seguida, levanta-te, como se estivesse de pé e “corre” com os pedais (c). Realiza intervalos de 15 a 45 segundos.

Movimento 3:

Sobe em uma colina
Por que funciona: além de aumentar o ritmo cardíaco, trabalharão seus glúteos, isquiotibales e costas (sempre e quando levar os ombros para trás, em forma apropriada).
Como: durabilidade, começa com uma meia-volta e trabalha até a volta completa da bicicleta (a) (lembre-se que em bicicletas de SoulCycle a resistência é maior. Na realidade, não há ponto morto: sempre leva resistência). Puxe os ombros para trás e para baixo e pedales durante um intervalo confortável, começando com 15 segundos e chegando aos 45.

Movimento 4

Push up
Por que funciona: como qualquer push-up, ativas costas quando baixas e o peitoral, quando você faz o upload. Além disso, é um movimento que irá ajudá-lo a trabalhar com a sua coordenação.
Como: ponte de pé na bicicleta (a), coloca as mãos no meio do guiador com os braços retos (b). Dobre os braços, enquanto abrir ligeiramente os cotovelos (c). Realiza cinco repetições e vá subindo até que consiga fazer uma série de 15.

Movimento 5

Oblíquos
Por que funciona: esse movimento é ideal para definir os abdominais. Certifique-se de não mover a cabeça ou o pescoço: acha que a sua parede abdominal é um bloco que se move da direita para a esquerda.
Como: sentada, coloca as mãos no guiador, como indicamos na foto (a). Ombros e quadris devem estar estáveis (b), faça um crunch lateral (c). Alterne os lados, realiza cinco repetições de cada lado, e vá aumentando a série até chegar a 15.

Movimento 6

Remada com halteres
Por que funciona: melhora a estabilidade de seu core e trabalhe em seus braços. Ajuda a definir os ombros, mas, além disso, lembre-se que você tem suas pernas em movimento.
Como fazer: sente-se no selim, com dois halteres de 1,5 a 2 quilos em cada mão (a). Braços esticados, palmas das mãos para dentro e halteres na altura dos olhos (b) vê-se, puxando os cotovelos e os ombros para trás, até que os punhos fiquem à altura de suas costelas (c). Faz 10 repetições e, quando estiver sentindo-se confortável, aumenta até 30.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR:
TREINO DE SPINNING TIPO TÁBATA PARA LEVÁ-LO AO LIMITE
A POSTURA CORRETA NO SPINNING
DECÁLOGO PARA MELHORAR O SEU RELACIONAMENTO COM O SELIM

6 maneiras de treinar duro todo o corpo na bicicleta estática | Fitness
Vote na matéria