3 crenças (erradas) sobre as proteínas em pó | Nutrição

Rate this post

Para dar aos seus músculos a quantidade de proteínas que precisam depois do treino, são muitos os que recorrem a este tipo de suplementos, como se estivessem diante a poção de Panoramix que tanto gostava a Astérix e os outros em todas as horas. Erro! Apresentamos-lhe um guia expresso para os iniciantes neste mundo de forma saudável.

1. A mais proteína, mais músculo. “Estas macromoléculas fornecem aminoácidos essenciais para nutrir e reparar tecidos musculares”, explica Andrea teixeira neto, especialista em nutrição esportiva. Em outras palavras, quando combinados com exercício físico, o seu consumo favorece o ganho de massa muscular; ou seja, a hipertrofia. Embora a certeza que mais de uma vez viu o típico muscleman no ginásio que não se separa de seu shaker ou para fazer musculação, o resultado? Os efeitos secundários de um mau uso vão desde problemas de saúde, como irritação do rim ou do fígado, a um aumento de peso, já que o excesso de proteína é convertido em quilocalorias que se acumulam como gordura.

2. Um batido por dia. Normalmente aconselha-se dissolver uma dose de suplemento de proteína (30 g aprox.) em 200 ml de água ou leite desnatado após o treino, que é quando há risco de que o seu corpo, ao não receber a quantidade necessária, para alimentar os seus próprios tecidos, consumindo músculo (o que se conhece como ‘catabolismo’). Mas cada pessoa tem as suas necessidades, que também variam de acordo com o tipo de exercício que se faça. “Você sabia que apenas 26% das mulheres ingerem a dose adequada? De forma orientativa, um atleta pode chegar a exigir até 1,8 g de proteína por quilo de peso ao dia. Mas o melhor é consultar um especialista para aconselhá-lo de acordo com suas características”, aconselha a nossa nutricionista.

3. Todos os suplementos são iguais. As proteínas em pó mais populares são as de soro de leite concentrada (whey protein), de soro de leite isolado (isolate protein) e as hidrolisadas (hydrolyzed protein). Mas o leque de opções vai desde a caseína ou as variantes de origem animal (como a de clara de ovo) até as de origem vegetal (como a soja), passando por todo o tipo de fórmulas enriquecidas.

A prova de WH:

Para perder peso: ‘Ultra Loss’, de Biotech USA (18,90 €/500 g), sabor abacaxi.O que é? Mistura de soro de leite concentrado e isolado (15 g de proteína por dose) rica em queimadores de gordura (L-carnitina, chitosán e extrato de chá verde). Ideal para: dietas baixas em hidratos de carbono. Embora seja um substituto de refeição, nossa especialista recomenda ingerir depois de um treino de musculação.

Definição muscular:‘Total Whey’, Gold Nutrition (36,50 €/ 1 kg), sabor morango. O que é? Mistura de soro de leite concentrado e isolado (22,2 g de proteína por dose). Qual o melhor? Não tem adição de açúcares. Ideal em: dietas hiperproteicas de perda de peso. Para obter mais definição muscular nossa nutricionista recomenda-se tomar uma dose uma hora antes do treino e outra logo ao terminar.

Delicioso: ‘Leiam Protein’, de Body Genius (15,90 €/500 g), sabor baunilha. O que é? Soro de leite isolado (25 g de proteína por dose) baixo em quilocalorias e sem adição de açúcares. Ideal para: combinar com dietas de perda de peso sem perder massa muscular. Em WH temos utilizado como ingrediente para fazer panquecas fit!

Mais massa: ‘Whey Protein80’, de MM Supplements (42,99 €/2 kg), sabor chocolate com leite. O que é? Um concentrado de soro de leite enriquecido com isolado de soro de leite (24 g de proteína por serviço) que foi adoçado com splenda e contribui com menos de 1 g de açúcar batido. Ideal para: ganhar massa muscular livre de gordura. Disponível em masmusculo.com.

Sem gordura: ‘Iso Whey Zero’, de Biotech USA (10,14 €/500 g), sabor manga e abacaxi. O que é? Soro de leite isolado (22 g de proteína por dose), cujo processo de obtenção, faz com que seja muito mais puro. Além disso, não tem açúcar e é adoçado com estévia). Ideal para: construir massa muscular magra.

Rampa de proteínas: ‘Whey Cell Evolution’, de Tegor Sport Nutrition (70,32 €/750 g), sabor cookies. O que é? Soro de leite isolado (26 g de proteína por serviço) que se assimila de forma rápida, reconstruir os tecidos musculares. Ideal para: atletas que necessitam de uma proteína com um teor de aminoácidos excepcional, como aqueles com um grande desgaste físico.

Para ganhar volume: ‘Hydrolyzed Whey Protein’, de Raw Physique (48,99 €/2 kg), sabor frutas vermelhas. O que é? Proteína a base de Optipep 80 SN (soro de Arla) hidrolisada. Este processo de obtenção há que seja de alta qualidade e que se assimile rapidamente, otimizando a recuperação muscular. Ideal para: aumentar a força e adquirir volume totalmente limpos (sem gordura). Disponível em masmusculo.com.